Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



IEG FNP - Newsletter

09/08/2019 - Derrocada das cotações do algodão na ICE causa avidez pela determinação de um piso para oscilações

Derrocada das cotações do algodão na ICE causa avidez pela determinação de um piso para oscilações


Os preços dos contratos futuros do algodão negociados na Bolsa de Nova York (ICE) caíram às suas mínimas desde abril de 2016, o que lança dúvidas sobre se os referenciais poderão cair ainda mais nesta temporada.

O rumo das operações especulativas mostra um aumento de operações de short position – vendas de contratos curtos para mitigação de perdas e posterior compra.

As condições de cultivo, em geral, são favoráveis em grande parte das regiões produtoras de algodão no mundo, excetuando apenas uma monção indiana tardia e errática e os possíveis danos causados pela infestação excessiva de insetos no Paquistão no radar.

Paralelamente, a disputa comercial entre os EUA e a China continua forçando as empresas têxteis a mudar as opções de fornecimento, gerando uma necessidade de antecipação de cobertura das indústrias mundo afora.

A mais longa expansão econômica nos EUA deixa muitos economistas certos de que uma desaceleração cíclica é iminente e que, se concretizada, criará uma recessão global. Essa expectativa é uma das razões pelas quais se crê numa demanda menor dos consumidores por roupas e têxteis.

Dito isso, as vendas de exportação dos EUA para a safra 2019/20 permanecem cerca de 30 por cento abaixo do ano passado. Grande parte desse declínio é devido às mudanças no fornecimento mencionadas.

Os grandes estoques finais prospectados para os EUA (os maiores desde 2007) em associação com o arrefecimento esperado da economia internacional e com a boa cobertura de operação das indústrias deve continuar mitigando possíveis ralis no mercado futuro da pluma.

Problemas nas condições edafoclimáticas de importantes players, que são comuns durante o desenvolvimento vegetativo da commodity podem proporcionar um reaquecimento da comercialização de algodão tanto no mercado físico quanto no futuro. Enquanto isso não ocorrer, preços entre a os baixos 60 centavos dólar e altos 50 centavos de dólar parecem prováveis.

As chances de alta residem no aumento de operações especulativas concomitante a mudança dos fundamentos de mercado de baixistas para altistas. Assim a recompra de contratos curtos poderia resultar na escalada dos preços no spot.


No Brasil, preços seguem a paridade e ainda são pressionados pelo avanço da colheita.


O panorama para os preços no Brasil não fugiu do sentimento baixista que permeou os mercados internacionais. Após junho, mês de espera pela entrada da pluma no mercado spot, o aumento das disponibilidades da commodity em julho foi outro fator que pressionou os preços da fibra.

Com a indústria nacional e comerciantes suficientemente cobertos pelas aquisições antecipadas, a cautela, mais uma vez, predominou na dinâmica de comercialização nacional. Se a ponta vendedora se mostrou mais flexível nas negociações quanto a prazos de pagamento e até mesmo preços, os compradores testaram o mercado a preços ainda menores do que os pedidos.

Há lentidão na comercialização da safra disponível e antecipada da safra 2019/20 pelas dúvidas em relação a demanda. Lotes de pequenos volumes de pluma das safras 2017/18 e 2018/19 têm sido negociados no mercado spot. Rarefeitas aquisições se dão apenas para recomposição de estoques. Dessa forma, os cotonicultores ou se mantém fora do mercado, ou optam por se debruçar no beneficiamento da fibra.




 

Fonte: IEG FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações
Informa Economics IEG | FNP
Edifício Birmann 21 - Av. Doutora Ruth Cardoso, 7221 – 22º andar, São Paulo–SP
Tel.: + 55 11 4504-1414 / +55 11 98389-5172
e-mail: informaecon-fnp@informaecon-fnp.com