Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



Agricultura homologa protocolo da Confederação Nacional Da Agricultura (CNA), para certificação de animais fora da Cota Hilton

15/01/2019 - Agricultura homologa protocolo da Confederação Nacional Da Agricultura (CNA), para certificação de a

O protocolo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para a certificação de bovinos e bubalinos fora da chamada Cota Hilton de animais a serem exportados à União Europeia (UE), foi homologado pela Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura.

A decisão foi oficializada ontem (14), que retira do pecuarista a obrigação de que se não quiser exportar à União Europeia a seguir uma série de normas rígidas e deve reduzir e três vezes o custo de certificação.

De acordo com a CNA, o protocolo da entidade foi feito após a publicação da Instrução Normativa (IN) 53, de outubro de 2018, que estabelecia que todos os animais de Estabelecimento Rural Aprovado no Sisbov (ERAS), tinham de ser 100% certificados por exigência da UE. Pela IN 53, animais que entrassem em propriedades ERAS e não fossem de outras propriedades com igual status sanitário precisariam ser novamente identificados, mesmo que já fossem rastreados. E, mesmo assim, não poderiam ser exportados à UE.

Ainda segundo a CNA, com o protocolo proposto e aceito, todas as garantias necessárias de rastreabilidade são dadas para esses animais sem obrigar o produtor a exportar para a União Europeia, mas abre a possibilidade de a carne ser exportada para outros mercados, como Irã, Arábia Saudita e China. O custo é três vezes menor que o previsto para os animais da Cota Hilton.

Cálculo da CNA estima que o custo por animal rastreado pelo protocolo proposto e aprovado pelo governo é de R$ 900 por ano. Isso inclui, entre outras obrigações, uma vistoria anual, além das taxas de certificação e um controle simplificado de trânsito. Para os animais de propriedades ERAS o custo estimado é de R$ 2,7 mil por ano, que inclui taxas mais caras, vistorias semestrais e rígido controle de trânsito.

 

Fonte: Broadcast Agro

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações
Informa Economics IEG | FNP
Edifício Birmann 21 - Av. Doutora Ruth Cardoso, 7221 – 22º andar, São Paulo–SP
Tel.: + 55 11 4504-1414 / +55 11 98389-5172
e-mail: informaecon-fnp@informaecon-fnp.com