Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



IEG|FNP

14/12/2018 - Abate de animais sobe generalizadamente no terceiro trimestre

Na semana, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) trouxe os dados de abate relativos ao terceiro trimestre de 2018. Na comparação com o trimestre anterior, todas as variedades de carnes registraram variação positiva. Não por acaso, visto que o trimestre anterior foi marcado pela greve dos caminhoneiros. Já comparativamente ao mesmo trimestre de 2017, a exceção ao crescimento foi para a avicultura.

No terceiro trimestre de 2018, 11,56 milhões de cabeças de suínos foram abatidas, o correspondente a um aumento de 6,8% frente ao trimestre imediatamente anterior e de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O contingente abatido foi um recorde da série histórica do órgão, iniciada em 1997.

Impulsionado pelas exportações, sobretudo para a China, e estas associadas a recuperação do consumo doméstico, que costumeiramente aumenta no segundo semestre do ano por efeito sazonal (frio e festas de final de ano). A suinocultura bateu recorde de abate mensal nos meses de julho e agosto, com mais de 4 milhões de cabeças em cada.

O abate de bovinos, por sua vez, foi de 8,28 milhões de cabeças, quantidade 7,1% acima do postado no período anterior e 3,7% acima do contingente abatido no terceiro trimestre de 2017.

O setor segue crescendo de modo mais estruturalmente robusto, com a penetração da carne bovina brasileira no Oriente Médio, Ásia e mesmo em países latinos, como o Chile. Além disso, cabe se salientar o aumento da renda per capita mundial, que tende a fazer os consumidores de carnes menos nobres migrarem para o consumo da carne bovina.

Por fim, o abate de frangos foi de 1,43 bilhão de animais, resultado 3,6% maior do que o do segundo trimestre de 2018, porém 3,8% menor do que o mesmo período do ano anterior. Neste ano, até setembro, agosto conteve o segundo maior volume de animais abatidos, vindo atrás somente de janeiro.

O número negativo da comparação anual não pode ser tomado como mal desempenho do setor. Com uma relação de troca mais favorável com os insumos da nutrição animal no segundo semestre, o peso médio do animal abatido está significativamente maior. Portanto, a despeito número menor de animais abatidos, a quantidade de carne produzida foi maior.

 

Fonte: IEG|FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações
Informa Economics IEG | FNP
Edifício Birmann 21 - Av. Doutora Ruth Cardoso, 7221 – 22º andar, São Paulo–SP
Tel.: + 55 11 4504-1414 / +55 11 98389-5172
e-mail: informaecon-fnp@informaecon-fnp.com