Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



IEG FNP

22/06/2018 - Oferta segue diminuindo, mas apetite comprador das indústrias é restrito

Nesta penúltima semana do mês de junho, a dinâmica das negociações no mercado físico do boi gordo não sofreu grandes alterações. O período é de início da “entressafra do boi”, e a retração da disponibilidade de animais prontos para o abate, devido a degradação da capacidade de suporte das pastagens, gera um cenário de relativa dificuldade para as indústrias frigoríficas efetivarem aquisições. Entretanto, a forte retração do consumo doméstico impede que esses frigoríficos alterem positivamente suas indicações de compra, e dessa forma, o mercado permanece praticamente travado. Já existe alguns focos de ofertas de animais terminados em confinamento, mas ainda em um volume pouco considerável. O momento é de cautela para os frigoríficos, que devem permanecer adotando grande receio nas compras, visto que o valor do equivalente físico do boi sofreu grande queda durante a semana, chegando R$136,19/@ no fechamento desta quinta-feira. Com a deterioração de suas margens operacionais, os frigoríficos devem seguir limitando suas aquisições diárias, também devido à ausência de expectativa de recuperação nas vendas internas, ao menos no médio prazo. Nesse cenário, os preços mantiveram-se estáveis de modo geral, com ajustes pontuais em ambos os sentidos, a depender das especificidades das condições de oferta em cada praça pecuária.

Em SP, as indústrias aumentaram seus preços ofertados em R$1,00/@. A oferta no estado é ajustada, e os frigoríficos enfrentam dificuldade para expandir suas escalas de abate para além de quatro dias úteis. As indicações de compra agora estão firmes no R$140/@ nos pagamentos a prazo e R$138/@ até R$139/@ nas negociações com pagamento a vista. No MS, os preços seguiram estáveis. Em Campo Grande, com as escalas de abate do mês de junho fechadas, as indústrias colocaram seus preços de balcão a R$126/@ livre de Funrural. Nesses patamares, as negociações evoluem pouco. No estado do Pará, há uma relativa concentração de oferta, o que gera uma oscilação negativa de R$1,00/@ nos preços vigentes nas praças de Marabá e Paragominas.

No mercado atacado, o volume de comercializações é fraco. A procura por parte dos distribuidores é baixa, visto que a expectativa geral do mercado para as vendas do próximo final de semana é consideravelmente pessimista. Nesse cenário, os preços dos principais cortes bovinos perderam sustentação, e o traseiro sofreu um considerável ajuste negativo de cerca de 7,2% em relação ao fechamento da última semana.

 

Fonte: IEG FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações

Informa Economics IEG | FNP

Rua Bela Cintra, 967, 11º. Andar - CEP: 01415-000 São Paulo/SP - Brasil
Tel.: + 55 11 4504-1414 / 3017-6800 Fax: + 55 11 4504-1411