Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



IEG FNP

13/04/2018 - Boi gordo: perda de sustentação dos preços

Nessa semana, o fluxo de negociações no mercado físico do boi gordo foi apenas modesto. As indústrias frigoríficas seguem limitando suas aquisições, pouco dispostas a estender suas escalas de abate além dos patamares atuais, visto que o consumo interno ainda não demonstra sinais consistentes de recuperação. Por outro lado, a ponta produtora continua impondo uma relativa restrição de oferta, resistindo em aceitar os ajustes negativos nos preços pretendidos pelos frigoríficos. Com o empasse entre ambas as pontas da cadeia produtora, há dificuldade no desenrolar das negociações. Dessa forma, os preços se mantiveram estáveis, com a tendência baixista ganhando cada vez mais força. Preços inferiores ao fechamento da última semana se consolidaram nas regiões em que a oferta de animais terminados é superior. A expectativa por parte do mercado é que a oferta de animais para o abate aumente progressivamente a partir das próximas semanas, com a aproximação do período de seca e a consequente maior necessidade de esvaziar as pastagens.

No MT, apesar da oferta estar relativamente ajustada à fraca demanda, as indústrias de Cáceres e Tangará da Serra, com escalas de abate mais confortáveis, atendendo entre cinco e sete dias úteis, ajustaram negativamente seus preços de balcão. Mesmo com a resistência da ponta produtora em negociar nesses patamares, os frigoríficos se mostram pouco inclinados a alterar seus preços ofertados, alegando dificuldades no repasse dos custos do gado gordo para o consumidor final. No Pará, as fortes chuvas deterioram a condição das estradas e dificultam o transporte e o embarque dos animais, o que inviabiliza o desenrolar das negociações do mercado. Mesmo com o relativo ajuste em relação às programações de abate, as indústrias da região de Marabá e Redenção ajustaram negativamente seus preços ofertados. Em Minas Gerais, após uma ligeira recuperação na oferta de animais terminados, os frigoríficos da região de Triângulo Mineiro e Belo Horizonte conseguiram emplacar preços inferiores aos vigentes na última semana. Mesmo com o ajuste negativo observado, ainda existem tentativas de compras a preços R$1,00/@ inferiores aos referenciais atuais, mas sem grande sucesso.

No mercado interno, apesar do volume de comercializações não ser abundante, é suficiente para manter os preços dos principais cortes bovinos lateralizados. A relativa sustentação dos preços no atacado é fruto da estratégia dos frigoríficos de limitar a oferta, equacionando-a ao ainda relativamente fraco consumo interno da proteína bovina.

 

Fonte: IEG FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações

Informa Economics IEG | FNP

Rua Bela Cintra, 967, 11º. Andar - CEP: 01415-000 São Paulo/SP - Brasil
Tel.: + 55 11 4504-1414 / 3017-6800 Fax: + 55 11 4504-1411